Filosofia | Vida de Gado

Um dos grandes males corporativos da atualidade é a síndromo da “Vida de Gado”. Todos os profissionais estão sujeitos a enfrentar esta terrível doença que pode destruir carreiras brilhantes. Não existe público específico para o ataque da síndrome, todos que possuem um trabalho formal estão em risco.

A “Vida de Gado” tem como principal efeito atrofiar a veia “Empreendedora” e/ou potencializar o “Fator K” ou “Aversão ao Risco” de suas vítimas. Seu diagnóstico pode ser feito com a observação de alguns comportamentos incorporados a “Rotina” do infectado, conforme segue abaixo;

  • Prazer em seguir e incorporar novas “Rotinas” diárias, como se estivesse num curral (acordar, banho, café, carro, escritório, responder e-mail, almoçar, responder e-mail, café, carro, jantar, assistir TV e dormir).
  • Reclamação pela falta de grama ou sal (passividade frente situações de incertezas como se o agente responsável pela carreira de cada um fosse o empregador)
  • Prazer no isolamento como se estivesse confinado engordando (como faz o gado castrado, nesta analogia castração de inovação, agilidade, apetite de risco, etc).

Nessa época de crise mundial, onde a “incerteza” está presente na maioria dos mercado, sofrer da síndrome “Vida de Gado” não apresenta musculatura para enfrentar a situação. Preste atenção nas aitutdes diárias e evite o pasto.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: