Final de Semana

Estou no jardim em frente a minha casa que fica num condominio, meu filho esta brincando de carrinho na grama, coletando folhas que cairam no chao e colocando-as no caminhao. Eu deixei ele brincar sozinho e tranquilo sem ficar falando nao faz isso, nao faz aquilo…liberdade faz bem pra ele e nesse jardim sem paredes onde ele pode brincar com quase tudo (bem diferente de quase nada) eh muito legal.

A experiencia que tive foi interessante, nos estavamos juntos brincando e de repente duas menininhas do condominio desciam para a quadra com uma bola na mao, elas conheciam meu filho e logo comprimentaram ele. O moleque nao teve duvda, largou os brinquedos, largou o papai e desceu com as meninas para jogar bola na quadra.

Chamou muito minha atencao o fato dele sequer ter olhado para tras, pra pedir permissao ou me chamar para brincarmos juntos. Fiquei observando ele brincar com as meninas na quadra e la era pura diversao e tranquilidade. Ele nao chorou, nao ficou procurando o pai, nao emburrou, apenas brincou como se estivesse no quarto dele.

Confesso que fiquei um pouco enciumado por ele nao ter sentido minha falta, no entanto eu gostei muito da independencia dele e da inicativa de se relacionar com as criancas para brincar. Mais um aprendizado que acontece a todo momento quando se tem filhos, basta estar atento aos detalhes.

%d bloggers like this: